Renovação de Parceria | Editora Arqueiro

em 29 de abril de 2017




Ola meus amores, estou muito feliz e o motivo é a Renovação de Parceria com a Editora Arqueiro.



Vejam o novo Selo de Parceria para 2017


Conheçam um pouco mais sobre a Editora

Resenha O Sacrifício (Hex Hall #3)

em 28 de abril de 2017

O Sacrifício
Hex Hall # 3
Rachel Hawkins

ISBN-13: 9788501097170
ISBN-10: 8501097179
Ano: 2014 / Páginas: 304
Idioma: português
Editora: Galera Record

Neste terceiro volume de Hex Hall, Sophie Mercer, com seus poderes reprimidos pelo Conselho dos Prodígios e mais vulnerável do que nunca, deve impedir a guerra épica que se aproxima. O único feitiço capaz de ajudar Sophie a recuperar os seus poderes está bem guardado no Hex Hall, onde tudo começou, protegido pelas malignas irmãs Casnoff. Acompanhada de sua melhor amiga-vampira Jenna, seu namorado Archer, seu noivo Cal (sim, a vida amorosa dela é complicada), e uma fantasma pentelha, Sophie travará uma batalha contra um exército de demônios. Mas mesmo com seus melhores amigos e aliados, o destino de todos os Prodígios está nas mãos dela, e somente dela.


Resenha


Hex Hall, O Sacrifício é o terceiro e último volume da série, eu li A Maldição, o segundo volume em 2014 e como vocês podem ver, demorei um pouco para terminar, mesmo amando A Maldição e sabendo que esses livros são aqueles que quando a gente pega, é não querer largar até terminar. Mas o meu problema vai além da série, tenho dificuldades em finalizar esses livros em séries, sejam eles bons, muito bons ou péssimos.

Então este ano, na meta de 10 livros, coloquei alguns livros em séries para tentar terminar, foi a melhor coisa que fiz, terminar Hex Hall foi maravilhoso, claro que também com muito saudosismo, porque infelizmente não temos mais livros da autora para ler no Brasil, o que é uma pena porque a autora escreve maravilhosamente bem, são livros viciantes.

'Quando eu era invisível', publicado pela Astral Cultural

em 27 de abril de 2017




Martin Pistórius conta em sua obra alguns das suas principais motivações para manter as esperanças


Mesmo desenganado pelos médicos, que lhe deram apenas dois anos de vida quando tinha 12 anos, Martin Pistorius nunca desistiu de viver. Ele ficou mais de 12 anos em estado vegetativo, e, desde aquela primeira previsão, já se foram 30 anos de muita luta e superação.


Pistórius, em Quando eu era invisível, publicado pela Astral Cultural, conta um pouco sobre o seu cotidiano. Veja algumas vivências importantes para sua recuperação.


1. Em primeiro lugar, o fato da família não desistir dele foi de extrema importância para Pistórius. Buscaram não apenas soluções para que ele saísse do estado vegetativo, bem como tecnologias avançadas para conseguir com que ele se comunicasse e melhorasse sua mobilidade.

2. Para que pudesse se comunicar, descobriram uma instituição chamada Comunicação Aumentativa e Alternativa, ou CAA. Após começar a frequentá-la, seu processo de inclusão deu um grande salto. As instituições de recuperação sempre têm um papel importante na reintegração do paciente em sua própria vida e na sociedade.

#ParceiroLC | Renovação de Parceria LC – Agência de comunicação

em 26 de abril de 2017



Ola meus amores, olha que delícia, mais uma Renovação de Parceria, o Daily renovou parceria com a LC – Agência de comunicação, (antigo Lilian Comunica) e está muito feliz com a notícia.

Se preparem para muitas novidades do mercado literário em primeira mão, releases de lançamentos e convites para eventos, estaremos sempre tentando trazer muitas novidades do mundo literário, ok?!