Novidades Lilian Comunica

em 2 de dezembro de 2016


Ola meus amores, tudo bom?


No dia 16 de dezembro, a partir das 19 horas na Livraria Cultura do Shopping Villa Lobos, acontecerá o evento de lançamento do livro A Lei dos Puros, do autor brasiliense L. C. Del Rio.



Confiram abaixo um pouco mais sobre a obra:


O primeiro de uma trilogia, o livro A Lei dos Puros – O Poder da Esperança, do autor L. C. Del Rio, é uma ficção de aventura romântica. Esta série se apresenta repleta de duelos, combates, amor, aventura, tudo temperado com um toque sutil de humor, o que resulta em uma trama envolvente e contemporânea.

O enredo acontece em meados do século XXI, mais especificamente daqui a uns 40 anos, em uma época em que um poder global terá se estabelecido na Terra, sem a necessidade de confrontos bélicos e dominará todas as sociedades do planeta, a partir de um evento denominado “O Manifesto de Berlim”.

Haverá, após a dominação, uma unificação de todas as nações, que passam a obedecer à recém-criada “União Universal dos Povos Livres”, conhecida também como o “Sistema”, que será dirigida por um “Conselho de Sábios”. Estabelecido um sistema de castas, com base em uma suposta herança racial e religiosa, as pessoas começam a serem dividias em “Puros”, “Prometidos” e “Gentios”. Embora tendo este fundo religioso, a divisão serve apenas para garantir o poder para a classe dominante.

Os protagonistas, Luiza e Cauê, jovens de aproximadamente 18 anos, parentes próximos do velho cientista que lidera a rebelião, partem em perigosa jornada, enfeitada de amor, coragem e resistência, percorrendo regiões conhecidas do Brasil e da Argentina, países onde se passa a maior parte da ação. Uma aventura que retrata a rebeldia, não apenas como um direito, mas como uma obrigação do ser humano. A série pretende trazer uma proposta nova: mostrar que os heróis brasileiros são tão bons como quaisquer outros e que eles também podem “salvar o mundo”.

Os “Puros”, designados pelos figurões do Sistema para perseguir e combater os heróis, também são, na sua maioria, jovens e os seus sentimentos e paixões são igualmente descritas com isenção. Sem demonizá-los, o autor os coloca de forma que os leitores possam identificar-se também com as suas emoções e atitudes. Traições e mudanças de lado também ocorrem com alguns personagens, como seria de se esperar na vida real.

Para projetar o mundo futurista que caracteriza a época em que a história se passa, o escritor imaginou e descreveu as armas, os aparelhos voadores e as invenções dos cientistas rebeldes, de uma forma absolutamente coerente com os avanços tecnológicos que são esperados para os próximos anos, evitando-se as divagações absurdas tão a gosto das ficções que nos chegam de fora.

As descrições dos duelos, dos combates, das táticas e técnicas militares, dos saltos de paraquedas e dos detalhes da pilotagem dos aparelhos, baseiam-se na experiência e no conhecimento do autor.

A série pretende abranger um público maior do que o segmento jovem. As conotações políticas e religiosas, que passarão às vezes despercebidas pelos leitores mais novos, serão bem interpretadas e levarão a sua mensagem para os mais maduros e com maior experiência de vida. Os jovens vão viver o livro, os mais experientes vão entender o livro.

Além da proposta literária inovadora, a pretensão do autor é que a saga chegue à televisão ou aos cinemas, já que a personalidade marcante de cada personagem e a forma quase independente com que os episódios são apresentados são requisitos bem compatíveis com os roteiros dos episódios de uma série de temporadas.

Sobre o autor: Físico e praticante de artes marciais, além de paraquedista e piloto de helicópteros, L. C. Del Rio transfere todo o seu espírito arrojado para os livros que escreve.


Lançamento 'A Lei dos Puros'
Data: 16 de dezembro
Horário: 19 horas
Local: Espaço Café - Livraria Cultura - Shopping Villa Lobos
Endereço: Av. das Nações Unidas, 4.777 - Alto de Pinheiros
Entrada: Franca


Beijos

Top Comentarista Dezembro

em 1 de dezembro de 2016


Oi meus amores, boa tarde!!


Vamos ao Top Comentarista de Dezembro?

Vem Comigo...


Quem mais comentar nas postagens válidas escolhe um livro no valor de até R$ 30,00 Com Frete.






Regras:



  • Postar um comentário nesse post contendo Nome de Seguidor e E-mail;
  • Ter Endereço Residencial no Brasil.
  • Seguir publicamente Blog no GFC, Networked Blogs ou Bloglovin. 
  • Comentar nas postagens de 01/12/2016 até 31/12/2016. Vale um comentário por postagem! Os comentários devem ter a ver com a postagem, não será aceito apenas um "gostei" ou legal e etc.
  • Postagens de Promoção e Resultado de Promoção não vale para o Top;
  • O livro será enviado num prazo de até 30 dias após o envio dos dados pelo ganhador;




Resultado do Top Comentarista de Novembro em Breve!



Beijos


Nova Parceria | Matheus Peleteiro

em 30 de novembro de 2016



Ola meus amores, tudo bom?


Hoje vou apresentar um novo autor parceiro do Daily of Books Mila, vem comigo...


Sobre o autor: Matheus Peleteiro nasceu em Salvador, Bahia, em 1995. Acadêmico da área de direito, escritor, poeta e contista, em 2015 publicou seu primeiro romance Mundo Cão, e, em
2016, a sua novela Notas de um Megalomaníaco Minimalista.

O escritor também faz parte do coletivo Sapiens Marginalis, onde poetas de todo o Brasil divulgam seus trabalhos através das redes sociais. Matheus iniciou seus escritos na internet, utilizando o nome Espirituoso e Trágico. E em dezembro dá um grande passo à frente abordando temas contemporâneos com o seu primeiro livro de poemas, intutulado "Tudo que arde em minha garganta sem voz".

Através de seus livros, Matheus tenta retratar, através de uma linguagem universal, os medos, anseios e o período em que vivemos. Se utilizando do humor, e da sátira, como os escritores que lhe serviram de referência. Em Mundo Cão (editora Novo Século, 168 págs), há a tentativa de retratar o cenário político e musical, apresentando personagens adolescentes que se tornam adultos cedo, através de uma narrativa que mistura amor, ódio, sangue, e humor. Já em Notas de um Megalomaníaco (editora Giostri, 82 págs), o romance paira, e através de reflexões de dois personagens e até referencias a seriados e filmes, o autor tenta trazer questionamentos que todos fazemos em determinados momentos  nos dias de hoje.


Obras:


Mundo Cão
Matheus Peleteiro

ISBN-13: 9788542804324
ISBN-10: 8542804325
Ano: 2015 / Páginas: 168
Idioma: português
Editora: Novo Século

Unindo elementos de literatura marginal com sentimentos altruístas, surge Mundo Cão, que narra, em primeira pessoa, a história de Pedro Contino, um jovem que so­fre desde cedo por conta das peripécias da vida, e, por mais que busque o melhor, vê, em sua sombra, o caos. Morador da favela Roda Vida, Pedro poderia ter traçado qualquer caminho, mas a vida escolheu um em especial. Mesmo em meio à ausência de recursos, é apresentado à literatura por um vizinho mais velho, e, por conta dela, cria uma importante consciência social. Guiado por músicas e livros, ele logo percebe como tudo funciona. Indigna-se e, amargamente, percebe que não tem poder para realizar uma mudança no mundo…
O caos já faz parte dele, envolvendo-se com drogas, álcool, e, para completar, com as mais belas e loucas mulheres.


Notas de um Megalomaníaco Minimalista
Matheus Peleteiro

ISBN-13: 9788581089096
ISBN-10: 8581089097
Ano: 2016 / Páginas: 83
Idioma: português
Editora: Giostri


Uma novela, um romance, uma história de amor, ou um simples debate existencialista de caráter profundo e linguagem popular. São estas algumas das maneiras as quais pode ser denominada essa obra, que, na verdade, é muito mais que uma história, um relato, um desabafo.
Uma história contada por um rapaz que discute sobre tudo o que teme e lhe agrada, um relato sobre os seus egoísmos e suas formas de buscar a grandeza nas coisas mais simples, um desabafo aos ouvidos de uma moça que sorri e esbanja estilo enquanto tudo que deseja é perpetuar aquele momento.
Notas de um megalomaníaco minimalista é uma manifestação do autor em torno das aflições contemporâneas e das suas próprias também. Ou, talvez, apenas um singelo registro do conjunto de inquietações de um mundo globalizado, sob a face de um rapaz e uma moça num dia ensolarado frente ao mar.


Curtiram?

Beijos


Resenha Cicatrizes de Fogo

em 29 de novembro de 2016

Cicatrizes de Fogo
Andressa Andrião

ISBN: B01GF3UD5W
Ano: 2016 / Páginas: 163
Idioma: português
Editora: Amazon

Jarret é um jovem feiticeiro muito bondoso, mas solitário. Acaba de perder a mãe em uma tragédia envolvendo os piores inimigos de sua raça: Inquisidores. Assustado e ainda muito triste, tenta começar sua nova vida em uma cidade diferente, em um país diferente. Os primeiros meses na França são simples, calmos, nada de especial acontece. O começo de vida que qualquer um esperaria depois de um grande trauma, porém o futuro lhe guardava muito mais do que ele esperava.
Em uma noite de outono, em um bar, ele conhece Natalie a menina dos olhos vivos como o crepitar do fogo. A jovem que parece ter surgido para resgatá-lo da desgraça iminente de se perder no frio cotidiano da sociedade, sozinho em sua própria desilusão. Mas será que é tudo tão perfeito assim? Será que este amor realmente nasceu para acontecer? Ou não seria ele apenas mais uma cicatriz da guerra entre duas raças?
Cicatrizes de Fogo conta a história do passado de um dos personagens secundários mais adorados da série Memórias da Lua. Um enredo cheio de amor e questionamentos, adequado tanto para os leitores da série quanto para aqueles que ainda não a conhecem. Cheio de segredos, leva-nos mais a fundo nos ainda tão misteriosos mundos dos feiticeiros e dos Inquisidores.


Resenha


No final de 2012 para 2013 fui conquistada pela narrativa de Andressa Andrião ao ler Memórias da Lua Cheia, uma leitura que me impressionou muito por sua carga de mistério, aventura e romance na dose certa.

Em Cicatrizes de Fogo conhecemos a história de um dos personagens secundários de Memórias da Lua Cheia, porém, eu já não lembrava tanto assim do livro e não me lembrei deste personagem em si, que é Jarret, um feiticeiro que perdeu sua mãe numa caçada dos Inquisidores, como o trauma foi grande, ele resolveu se afastar dos familiares que ainda tinha contato, escolhendo assim a França.

Acontece que Jarret não está em um bom momento, vive solitário e passa seus dias do trabalho/bar/casa, numa rotina sem fim. Até que conhece Natalie, ela é misteriosa e tem o poder de encantar Jarret, juntos eles vivem uma bela história de amor, porém desde o principio o leitor tem a percepção de que há algo errado e que não é tão simples desvendar este mistério.

Infelizmente o livro não me agradou tanto quanto seu antecessor, se em Memórias da Lua Cheia foi cheio de mistérios e aventuras, este possui um foco muito grande no romance entre Jarret e Natalie, na vida cotidiana do casal, e isso até foi legal, mas senti falta de aventura, mistério, talvez um propósito.


"Natalie conseguiu virar meu mundo de cabeça para baixo. O que sinto por ela é completa-mente singular e até certo ponto indescritível. Explode em meu coração de uma forma dolorosa e prazerosa ao mesmo tempo. Um mar revolto que abala tudo o que eu sou nos pequenos momentos que nossos olhos se encontram."


Resumindo, foi uma boa leitura, mas poderia ter sido melhor desenvolvido, não foi uma leitura que me marcou, que me deixou ansiosa para saber mais, apenas nos últimos capítulos eu senti aquela intensidade de sentimentos que tive ao ler seu antecessor.


Beijos