Dia das mães cult: Edipro seleciona títulos literários para comemorar

em 20 de abril de 2017



Atualmente,  muitas pautas são abordadas em torno do tempo que a mãe tem para si mesma. A relação entre a mãe e o bebê é extremamente intensa e, muitas vezes, não há espaço para que ela tenha suas experiências como indivíduo. Sem contar as que trabalham fora e ainda tem as crianças para cuidar.


E, para que a mãe possa ter um tempo para vivenciar a cultura, entre um filho e outro, a Edipro selecionou 5 titulos, que combinam com as mamães cults. São eles: Histórias I; Histórias II, Pollyanna Moça, Candido, ou o Otimismo; e Sonetos, de Camões. Todos essas obras são cobiçadas por mulheres que curtem uma literatura intelectual.


Abaixo seguem mais informações de cada obra.



Histórias I | História II (Heródoto)

Cada um dos livros da coleção Histórias, de Heródotos, é dedicado a uma das Musas, da Grécia Antiga, que eram em número de nove e, segundo a Mitologia, eram as responsáveis pelas artes. A primeira obra é dedicada à musa Clio, expõe as origens das inimizades entre bárbaros e helenos, que, segundo ele, aconteceram por meio dos raptos de mulheres realizados por todos. O segundo livro é dedicado à musa Euterpe, esta obra é dividida em duas partes: na primeira, Heródoto descreve geograficamente o Egito; na segunda, relata a história da região. As descrições apresentadas por Heródoto baseiam-se na tradição oral helênica e também em suas observações diretas sobre o Egito e as inquirições entre seus habitantes, em especial aos mais doutos sacerdotes.






Pollyanna Moça

Sinopse: Continuação do grande sucesso Pollyanna, também de autoria de Eleanor H. Porter, Pollyanna moça traz de volta a protagonista, que irá outra vez transformar a vida daqueles ao seu redor por meio de uma atitude positiva e do já famoso “jogo do contente”. Publicado originalmente em 1915, dois anos após o lançamento de Pollyanna, o romance tornou-se também um clássico da literatura norte-americana. Nesta sequência, a fama de Pollyanna já ultrapassa a pequena Beldingsville, e a garota é enviada a Boston para ajudar uma rica viúva a superar a tristeza causada pela perda de um filho e pela vida solitária. A encantadora aventura de Pollyanna na cidade grande trará ainda gratas surpresas à menina, como o despertar da paixão e a percepção da passagem para a vida adulta.



Cândido, ou O otimismo

Sinopse: Este conto, publicado em 1759, é a mais célebre obra do filósofo francês Voltaire. O autor recorre a tragédias de sua época, como o terremoto de Lisboa de 1755 e a Guerra dos Sete Anos, para compor uma obra ficcional e, ao mesmo tempo, uma crítica à visão otimista do filósofo alemão Gottfried Leibniz. O jovem Cândido acredita, seguindo os ensinamentos de seu mestre, Pangloss, que vive no melhor dos mundos possíveis. Expulso do paraíso que era o castelo de seu senhor e afastado da amada Cunegundes, ele irá encarar as piores mazelas da humanidade em uma jornada por três continentes. A fé de Cândido nas máximas de seu mestre resistirá a essa sucessão de horrores? Recheada de humor ácido, esta é uma das obras basilares da literatura ocidental e apresenta uma reflexão profunda sobre a natureza do homem.


Sonetos

Sinopse: Este livro reúne 65 sonetos do índice básico da lírica de Camões, selecionados por meio de uma detalhada pesquisa junto às mais destacadas produções acadêmicas sobre a obra do autor. Além dos sonetos do índice básico, foram incluídos outros 13.  A obra traz os sonetos que fazem parte da bibliografia indicada em programas de vestibular. Em vida, Luís Vaz de Camões alcançou fama com o poema épico Os lusíadas, uma exaltação a Portugal inspirada na Odisseia de Homero. De sua produção lírica, entretanto, apenas três poemas chegaram a público até sua morte, sendo um único sob a forma de soneto. Estes textos, nos quais o poeta lusitano aborda sobretudo o tema do amor, começariam a ser desvelados somente em 1595, com a publicação de Rhythmas, reeditado em 1598 como Rimas. São as versões registradas nessas obras, principalmente, que recuperamos e apresentamos nesta edição de Sonetos: os mais belos versos de um dos maiores poetas da língua portuguesa.

Eu curti as sugestões, para quem curte uma leitura cult acho uma boa pedida!

Beijos

10 comentários

  1. Oi, Mila!
    Acho que vou comprar os dois primeiros pra mim ahahahah Gostei bastante da premissa deles.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do #Sorteio1KSeguidores

    ResponderExcluir
  2. Bacanas essas dicas para as mamães intelectuais!
    São ótimas dicas para presentear né? Já anotei algumas.
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  3. Agora com o dia das mães se aproximando o assunto fica em alta mesmo e já vi alguns livros que vão ser lançados que são bem no clima dessa fase da vida da mulher. É interessante.
    Queria ler esse da Pollyanna. Li o primeiro livro, mas só fui saber dessa continuação depois de ler. Achei legal que tenha uma continuação daquela história que gostei tanto. Esse é uma dica muito boa, vale a pena.

    ResponderExcluir
  4. OI MIla.
    Infelizmente nenhum dos livros me chamou a atenção.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  5. Gostei bastante do primeiro livro!
    Gosto muito de mitologia e principalmente a grega!
    Beijoss!

    ResponderExcluir
  6. Adoro Poliana, mas ainda não li Poliana Moça e esta capa é linda! Já vou colocar nos meus desejados.
    Beijos e obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
  7. Olá, não conheço nenhum livro acima mas este sobre um conto de Voltaire me chamou atenção, pois parece ser um daqueles livros que acarretam reflexões. Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Mila!
    Gostei da iniciativa, agora achei que alguns livros são bem intensos para uma mãe.
    Polyana foi o livro que mudou minha vida por completo.
    Bom final de semana!
    “Preferi sempre a loucura das paixões à sabedoria da indiferença.” (Anatole France)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP COMENTARISTA ABRIL especial de aniversário, serão 6 ganhadores, não fique de fora!

    ResponderExcluir
  9. Gostei da postagem.
    Pollyana moça foi o qual mais me chamou atenção.

    Beijos, * Blog PS Amo Leitura *

    ResponderExcluir
  10. Bom, não sou mãe, mas acredito que isso não seja impedimento para as leituras sugeridas. Gostei de Pollyana Moça.

    ResponderExcluir

Ola!
Agradeço pelo comentário!
Beijinhos Carinhosos!